Avião Fantasma - F-19 Stealth Fighter


País Origem:Estados Unidos da América
Construtor:
Função: Caça Furtivo
Peso Vazio: ?
Peso máximo/descolagem: ?
Comprimento:
Envergadura:
Altura:

A aeronave transporta armas dentro de baías, reduzindo assim a sua assinatura no radar.

Estados Unidos da América
F-19 Stealth FighterCaracterísticas


F-19 Stealth FighterO F-19, é um dos mais bizarros aviões da história, que provavelmente nunca chegou a existir.
A teoria mais prevalente foi a de que na década de 1980, "F-19" foi a designação da caça furtivo cujo desenvolvimento era um segredo aberto na comunidade aeronáutica. Quando a aeronave foi publicamente revelada em 1988, ele foi chamado a F-117 Nighthawk. Parece não haver provas de que a "F-19" nunca foi utilizado para designar o Nighthawk, embora o site Museu Nacional dos Estados Unidos da América Força Aérea não inclui a entrada "Lockheed F-19 CSIRS (ver F-117)" a partir de 2009.

De facto a inexistência do F-19 (existem aviões de série ou protótipos até ao F-18 e depois passa para o F-20) é que despoletou um dos episódios mais curiosos dessa guerra de contra-informação dentro da Guerra Fria.

Sabendo que os aparentemente inofensivos kits à escala de aviões de combate comercializados no ocidente eram fonte de informação para os serviços de inteligência do Pacto de Varsóvia, dos EUA partiu uma campanha de desinformação com base no supostamente ultra-secreto F-19.

Supostamente alguma dessa informação teria sangrado para o exterior e por todo o ocidente circularam modelos à escala do F-19, com requintes de pormenor bastante elaborados. Superfícies arredondadas para alegadamente iludir os radares inimigos, canards e outros avanços tecnológicos fabulosos. Hoje essas miniaturas, são apenas uma bela recordação dessa guerra fria que não se fazia somente com a produção de armas.

Project 1987 Stealth FighterA campanha foi de tal modo realista que em pouco tempo, além de kits espalhados por todo o mundo, havia também um jogo de computador homónimo, cheio de "realismo". Este jogo foi baseado num palpite sobre o que o novo "Stealth Fighter" seria. A Microprose (responsáveis pela criação do jogo) foram alvos de visitas por parte da inteligência dos E.U. para terem a certeza de que a Microprose não tivera acesso a documentos confidenciais. E quando o jogo foi lançado, os Soviéticos compraram vários exemplares do jogo.

Quando algum tempo mais tarde foi revelado o F-117, percebeu-se finalmente o engodo, ao verificar que este último era liminarmente diferente do fantasma F-19. Ao contrário do que antes fora apregoado, as superfícies anti-radiação não eram redondas, mas antes angulares conforme é agora sabido. Os únicos pontos comuns seriam mesmo as entradas de ar por cima das asas e os exaustores de baixa assinatura térmica (facto incontornável e que contribuiu até para credibilizar mais o modelo). No demais, semelhanças entre os dois são pura coincidência.

Existe ainda uma outra Teoria da Conspiração que continua a afirmar que o F-19 realmente existe numa versão RF-19 Aurora, continua secreto e é o substituto do SR-71 no reconhecimento estratégico.

Mas por enquanto são apenas teorias, que talvez nunca venha a ser revelada a verdade sobre o F-19.


Fontes:
Wikipedia

Sem comentários:

Enviar um comentário