F/A 18 C "Eagle Noseart"

País Origem:Estados Unidos da América
Construtor: McDonnell Douglas / Boeing / Northrop
Função: Caça de Superioridade Aérea / Multi-Função
Peso Vazio:
Peso máximo/descolagem:
Comprimento: 17,07 m
Envergadura: 12,31 m
Altura: 4,66 m
Numero de suportes p/ armas: 9
Tripulação: 1
Motor:2 x motores G.E. F404-GE-400
Potência Total: 14334 Kgf
Velocidade Máxima: Mach 1.8 (1900 km/h)
Velocidade Máxima (Nível do Mar): 1200 km/h
Velocidade Cruzeiro: Mach 0.9 (1.364 km/h)
Altitude máxima: 15.000 m
Autonomia: 2100 km
Autonomia Combate: 1450 km

Canhões
- 1 x Vulcan M61-A1 (Calibre: 20 )
Misseis Ar-Ar
- AIM-9L/M Sidewinder (Alcance: 18 km)
- AIM-7F/M Sparrow (Alcance: 50 km)
- AIM-120 AMRAAM (Alcance: 70 km)
- AIM-132 ASRAAM (Alcance: 18 km)
- IRIS-T (Alcance: 25 km)
Misseis Ar-Superfície
- AGM-65 Maverick (Alcance: 27 km)
- AGM-88 HARM (Alcance: 106 km)
- AGM-84 D Harpoon (Alcance: 220 km)
- SLAM-ER - Standoff Land Attack Missile (Alcance: superior a 150 milhas)
- AGM-154 Joint Standoff Weapon (JSOW) (Alcance: baixa altitude - 22 km; alta altitude - 120 km)
- Taurus (Míssil Cruzeiro) (Alcance: 500 km)
Bombas
- JDAM
- Paveway
- Mk 80 (Bombas burras)
- CBU-87 cluster
- CBU-89 gator mine
- CBU-97
- Mk 20 Rockeye II
- B61/Mk57 Bomba Nuclear
Radares
- Raytheon Systems AN/APG-65 - Multi-modo/Pulso Dopler (Alcance médio: 136Km)

Estados Unidos, Canadá, Suiça, Malásia, Finlândia

F/A-18C Eagle NoseartO seu desenvolvimento começou em meados dos anos 70, quando a USN solicitou uma aparelho de baixo custo e multi-função capaz de operar em porta-aviões, substituto do ultrapassado A-4 "SkyHawk". O F-18 nasceu a partir do YF-17 "Cobra" que perdeu a concorrência de avião de baixo custo operacional da USAF para o YF-16 "Figting Falcon" que saiu vitorioso. No entanto o F-16 não era robusto o suficiente para operar em condições marítimas e também de péssima operação a partir de porta-aviões, e só tem um motor. Então o projecto do YF-17 foi retomado, aprimorado e desenvolvido, dando origem então a um dos melhores aviões de combate navais de todos os tempos, o F/A-18 "Hornet".

YF-17 CobraA USN tinha como objectivo obter um avião que substituísse o A-4 "Skyhawk" e o A-7 "Corsair". Inicialmente considerou-se a possibilidade de operar duas versões diferentes da aeronave F-18 - uma aeronave destinada à função caça e o A-18 - Para missões de interdição, mas a solução de duas aeronaves não foi aceite pelo que foi resolvido conjugar as duas funções numa só aeronave que será conhecida como F/A-18.

O F-18 é no entanto mais poderoso que o projecto inicial YF-17. Conta com dois motores, trem de aterragem muito mais resistente e maior capacidade pra transporte de armas. A aeronave foi redesenhada para permitir a operação a partir de porta-aviões, tendo sido efectuadas alterações como a incorporação de asas com extremidades dobráveis.

Actualmente o F/A-18F substituiu o "insubstituível" F-14 "Tomcat" uma vez já ultrapassado para os padrões actuais, um exemplo é o seu potente, mas ainda mecânico radar, bem vulnerável ao conceito de guerra electrónica, sendo bem fácil de ser desactivado por dispositivos de "Jamming" equipados nas aeronaves actuais.

Um grande problema das versões iniciais do "Hornet" era sua asa retráctil (requerimento para um caça operar a partir de um porta-aviões, uma vez que reduz o espaço ocupado no hangar interno do navio) que diminuíam muito os tanques de combustível e consequentemente sua autonomia de voo.

Os F/A-18 foram muito utilizados no ataque ao Afeganistão e responsáveis por grande parte dos bombardeios precisos feitos pela US Navy.

Lançado a partir de uma catapulta, o "Hornet" pode alcançar 300 km/h em apenas 2 segundos!

O nome de operação do F-18 real é F/A-18, pois o F significa Fighter e o A significa Attack, uma sigla designada a caças que também estão aptos a efectuar ataques ao solo, assim como o seu antecessor o F/A-4, ou A-4 como é mais conhecido.


Fontes:
Wikipedia

Sem comentários:

Enviar um comentário